João Fernandes

Natural de Leiria, iniciou a sua formação em 2002.

É professor na Escola Superior de Dança (ESD), desde 2013, lecionando na Licenciatura em Dança e colaborando nas orientações de Estágio no Mestrado em Ensino de Dança. Atualmente é Subdiretor da ESD e membro do Comissão Científica da Licenciatura para o mandato 2017/2020.

Doutorando em Motricidade Humana (Especialidade em Dança) na Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa e investigador no Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança (Pólo FMH).

Em 2010, conclui a Licenciatura em Dança (Criação/Interpretação) na ESD. Em 2012, concluiu o Mestrado em Criação Coreográfica Contemporânea da ESD e em 2014 concluiu o Mestrado em Ensino de Dança da ESD. Em 2016 obteve o Diploma de Estudos Avançados em Motricidade Humana pela Faculdade de Motricidade Humana (FMH). Detém ainda formação profissional em Gestão e Financiamento de Organizações e Projetos Culturais.

Em 2010 e 2012 foram-lhe atribuídos os prémios “Bolsa de Mérito de Melhor Aluno Finalista" da Licenciatura em Dança e do Mestrado em Criação Coreográfica Contemporânea da ESD, respetivamente. Em 2017, foi distinguido pelo IPL com o “Prémio de Reconhecimento de Atividades com Relevância na Comunidade – Prémio de Excelência” pelo do trabalho realizado no Metadança – Festival de Artes Performativas.

Destaca do seu percurso o contacto com profissionais como: Rui Horta, Paulo Ribeiro, Rui Lopes Graça, Clara Andermatt, Francisco Camacho, Madalena Victorino, Teresa Ranieri, entre outros.

Foi professor da Studio k – escola de dança de 2008 a 2013 e docente do Ensino Artístico Especializado, na Escola de Dança do Orfeão de Leiria de 2011 a 2016, onde foi coordenador do Departamento de Técnicas de Dança Contemporânea.

É coreógrafo independente desde 2009, da qual se destacam as peças: “Corpus” (2011), “Retalhos” (2012), “Um Ensaio Sobre o Poder” (2013) e “entre.mitências” (2014), “Liberdade Provisória” (2015), “O Princípio da Incerteza” (2016), “sobre a pele” (em cocriação com Ângelo Cid Neto); “O resto dos outros” (2017); “profunda pele” (em cocriação com Ângelo Cid Neto) e (Re)tratos de singularidade (2018).

É mentor e programador do MetaDança – Festival de Artes Performativas em Leiria, desde 2012 e é membro do Conselho Municipal de Cultura de Leiria, desde 2017.

Author's articles