José Francisco Pinho

José Francisco Pinho (n. 1965) licenciou-se em Ciências Musicais na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e obteve o grau de Mestre (em Ciências Musicais) na Faculdade de letras da Universidade de Coimbra. Encontra-se a preparar o doutoramento em Música e Musicologia, na Universidade de Évora.

 

Exerceu funções docentes no ensino especializado de música, no ensino profissional e no ensino regular. Desde 2000, é docente na Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco.

 

Participa no projecto Beiratv (consultor em Música) e desenvolve projectos de investigação multidisciplinares com colaboradores do Centro de Investigação em Comunicação e Artes Visuais (CICAV). No contexto do Processo de Bolonha, coordenou as reformas do Curso de Música da ESART. É Coordenador do Curso de Música,Variante de Instrumento da Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco.

José Francisco Pinho (n. 1965) licenciou-se em Ciências Musicais na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e obteve o grau de Mestre (em Ciências Musicais) na Faculdade de letras da Universidade de Coimbra. Encontra-se a preparar o doutoramento em Música e Musicologia, na Universidade de Évora.

 

Exerceu funções docentes no ensino especializado de música, no ensino profissional e no ensino regular. Desde 2000, é docente na Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco.

 

Participa no projecto Beiratv (consultor em Música) e desenvolve projectos de investigação multidisciplinares com colaboradores do Centro de Investigação em Comunicação e Artes Visuais (CICAV). No contexto do Processo de Bolonha, coordenou as reformas do Curso de Música da ESART. É Coordenador do Curso de Música,Variante de Instrumento da Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco.